Rússia: Copa do mundo – Como é Estudar Medicina na Rússia?

Com a copa do mundo na Rússia, o país se torna mais conhecido. Veja esta entrevista de Como é estudar medicina na Rússia?

Entrevistamos Rodger Corrêa, que estudou em Kursk na Rússia e nos contou como foi esta experiência deste país maravilhoso que conhecimento tão pouco.

Quer fazer medicina?

Quer ir para Rússia?

Como é comida na Rússia?

Como conseguir o Visto Russo?

Conheça a Rússia!

Rodger que nunca havia saído do Brasil, vendeu imóveis, deixou empregos certos e estáveis e foi para o Velho Mundo, cursar medicina.

Ele fala das dificuldades, oportunidades, como se mantinha por lá, como é apreender russo e assistir aulas em inglês, latim e russo.

Também nos conta da sua “vêia” empreendedora, ao comprar sua primeira máquia de fazer cópia “xerox” na Faculdade de medicina na Rússia, seu retorno ao Brasil, sua ida para Paraguai e sua trajetória nos dias atuais.

Gravamos esta entrevista no Lago de La Republica na Ciudad del Leste no Paraguay, ao lado da cidade brasileira de Foz do Iguaçu, onde atualmente Rodger vive com sua esposa que cursa medicina.

Rodger também nos conta sobre sua trajetória na volta a América do sul, a transferência para a Faculdade de Medicina do Paraguai, sua profissão, outras experiências de empreendedorismos
e afirma fortemente: que voltaria à Rússia com muito gosto!

Se você quer estudar medicina na Rússia, fazer intercâmbio e até mesmo viajar a turismo para a Rússia, não deixe de ver este vídeo.

—————–
Patrocínio:

Vilesoft Software de Gestão Empresarial
http://vilesoft.com
0800 012 5000

Visto K1 O Visto dos noivos

Como obter o Visto K1, O Visto de noiva(o) dos EUA?

Está com parentes, amigos ou mesmo você, que está pretendo imigrar para os Estados Unidos se casando com um Americana(o)?

Então, não deixe de ver este vídeo:

Veja também os vídeos anteriores desta série, IMIGRANDO PARA OS ESTADOS UNIDOS DA FORMA CORRETA:

 

Visto Americano EB5, o visto de Investidor. O que mudou?

Visto para os Estados Unidos, Visto EB5, o que mudou?

Em março, houve a proposta de aumentar o valor do investimento de meio milhão de dólares para um valor muito maior, mas não foi aprovada. Ainda não houve mudanças no visto EB5, mas poderá ocorrer a partir de setembro deste ano.

Direitos Autorais: Este vídeo inclui fotografia do Open House Event: Por elisfkc from Orlando, FL, United States – Open House Event, CC BY-SA 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=56609416

 

Conheça todos os passos para se obter o Visto Americano EB5:

Visto EB5 - Visto do investidor nos Estados Unidos

  • Qual o valor preciso investir para obter um visto EB5?
  • Quanto preciso para viver nos Estados Unidos?
  • Houve mudanças nos valores do investimento do visto EB5?
  • Como obter o visto de investidor nos Estados Unidos?
  • Como obter o EB5?
  • Quanto custa um visto EB5?

Dr.Victor Aisenberg, mestre em Direito no Brasil e também Mestre em Direito pela Universidade de Syracuse do Estado de New York nos Estados Unidos; Professor Universitário no Curso e Direito, fluente em Inglês, Espanhol e Hebraico; neste vídeo; responde e explica de forma simples e de fácil compreensão como nos outros vídeos que você já assistiu, os detalhes de todo o processo, documentação e procedimentos necessários para você obter o seu visto EB5, o visto de investidor, obter o Green Card e a residência permanente nos Estados Unidos.

Dr. Victor também nos fala sobre os CENTROS REGIONAIS, que são responsáveis pela ligação entre o investidor estrangeiro e as empresas que aplicão nos negócios que necessitam de financiamentos nos Estados Unidos; sobre o prazo de trâmite do Visto EB5 que é de 14 a 16 meses após a “aplicação”.

No segundo vídeo falamos sobre como os Estados Unidos nos tratam na legislação com o termo “ALIEN”. E neste vídeo, com o Visto EB5, você poderá obter a cidadania Americana, deixando então, de ser um ser alienígena perante a lei Americana. Obtendo então o O GREEN CARD, que é o documento que reconhece você, como residente permanente no EUA.

Um detalhe que o Dr. Victor nos explica também, é que:

O Green Card não é mais verde!

Dr. Victor também nos ensina que atualmente, para se obter o Visto EB5, que é o visto de investidor nos EUA, incluindo as despesas de advogados e demais taxas, o investimento total está em torno de US$ 600,000.00.

E que você precisará ter também, uma renda para viver nos EUA, além do investimento, para se manter nos EUA, pois, os 500 mil dólares não estarão disponíveis. Que gira em aproximadamente entre 4 e 5 mil dólares por mês, dependendo do padrão de vida e do lugar que você quererá ter.

Você pode também encontrar mais informações sobre o Visto EB5 no site oficial do Governo dos Estados Unidos: https://www.uscis.gov

Acompanhe-nos e saiba tudo isto e muito mais, neste e nos próximos vídeos desta série, com o Dr. Victor Aisenberg, em nosso canal.

Patrocínadores:

  1. Vilesoft Software de Gestão Empresarial
    vilesoft.com 0800 012 5000
  2. Canal Talentos & Desafios

 

Dr. Victor Aisenberg, advogado especialista em imigração

(37) 99902-5424

[email protected]

Facebook

Veja os outros vídeos anteriores desta série IMIGRANDO PARA OS ESTADOS UNIDOS DA FORMA CORRETA

Imigrando para os Estados Unidos da forma correta – #1 Visto de Estudante

Visto Americano, tipos de vistos: Imigrando para os Estados Unidos da forma correta #2

 

Ir estudar medicina na Rússia: Quer fazer medicina?

Cursando medicina na Rússia!

Olá, nesta entrevista com Rodger Corrêa, você irá conhecer a história de quem estudou medicina em Kursk na Rússia. Ele nos contou como foi esta experiência e como é chegar num país com um idioma muito diferente do nosso.

Rodger nos conta também das dificuldades, das oportunidades, como fazia para se manter, como é apreender russo e assistir aulas em inglês, latim e russo.

Também nos conta de sua trajetória e como está hoje. Fala-nos da sua “vêia” empreendedora, ao comprar sua primeira máquia de fazer cópia “xerox” na Faculdade de medicina na Rússia em Kursk, seu retorno ao Brasil, sua ida para Paraguai e sua trajetória nos dias atuais, onde atualmente é gerente de projetos e gestor empresarial.

  • Você quer fazer medicina?
  • Você quer ir para Rússia?
  • Saiba como é fazer medicina na Rússia
  • Saiba como é comida na Rússia, pratos locais e comida típica russa
  • Saiba que é fácil conseguir um visto para a Rússia, considerando a boa relação que tem com o Brasil.
  • Conheça a Rússia e suas maravilhas, que quase sempre não nos falam!

Patrocínio:
Vilesoft Software de Gestão Empresarial

http://vilesoft.com

0800 012 5000

Contato com Rodger Corrêa
[email protected]

Imigrando para os Estados Unidos #2- Tipos de Vistos

Conheça os tipos de vistos Americanos que existem e qual o mais indicado para sua realidade.

Dr.Victor Aisenberg, mestre em Direito no Brasil e também Mestre em Direito pela Universidade de Syracuse do Estado de New York nos Estados Unidos; fluente em Inglês, Espanhol e Hebraico, está conosco novamente neste vídeo; explicando de forma simples e de fácil compreensão, os detalhes de todo o processo, documentação e procedimentos necessários para você obter o seu visto de turista, estudante, empreendedor e de residência nos Estados Unidos, da forma correta.

Não deixe de ver também o primeiro vídeo desta série:

 

Indo para o Estados Unidos da forma correta – #1 Visto de Estudante

Está pensando em mudar para os Estados Unidos?

Não deixe de ver este vídeo, que é o primeiro de uma série do Canal Talentos & Desafios feitos sobre Imigração para os Estados Unidos, feitos com o Dr.Victor Aisenberg, mestre em Direito no Brasil e Mestre em Direito pela University Syracuse do Estado de New York nos Estados Unidos..

Ele fala fuentemente em Inglês, Espanhol e Hebraico e dá detalhes de todo o processo, documentação e procedimentos para você obter o visto de turista, estudante, empreendedor e de residência nos Estados Unidos.

São itens que valem a pena aprender, e que são de suma importância no planejamento da sua viagem. Os assuntos abortados são das questões de tipos de vistos, como obtê-los e suas aplicações.

Passaporte: providencie, veja nosso post sobre este assunto

Cascavel Paraná: Beleza inspira felicidade!

Beleza inspira felicidade

Cascavel é assim: Como  frases que captamos no ar no meio de alguma conversa, as vezes nem direcionada a nós e ou conosco, mas que ficam registradas para sempre. É como se tivéssemos pressionado o ‘record’ do gravador naquele momento e eternizado uma cena.

E uma das frases que guardo na mente, foi quando ouvi um artista famoso numa entrevista na TV, dizer que

“a beleza de uma praia é como a beleza das mulheres; não se compara!”.

Estes tipos de belezas não são para comparar e sim para admirar mesmo e só! Não existe parâmetros de comparações, pois, até as inexpressões e inadequações compõem o conjunto da beleza que Deus nos proporciona.

E para completar o que vi e me encantei com Cascavel no Paraná, tomo emprestado uma outra frase, que é uma das minhas preferidas no dia-a-dia; nunca  a esqueço: eu a  ouvi de um paraninfo numa formatura de direito na Universidade da Cidade de Itaúna-MG, uma outra cidade maravilhosa de Minas Gerais, que terá um post só dela, aqui no Radar Mundial

“beleza inspira felicidade”

E inspira de fato! Se você chega num lugar com vista agradável e gera tranquilidade visual, sua disposição em agir naquele lugar é energizada  e gosto de estar ali, faz com que o sucesso do seu propósito seja mais alcançável e sem peso. É como se aquilo que lhe inspira felicidade, lhe abraçasse dizendo

‘oh tenho dificuldades, mas o que tenho está a sua disposição e me alegro por estar aqui’.

Assim foi a primeira vez que estive em Cascavel no Paraná, por apenas três dias: uma cidade que inspira felicidade, com belezas únicas, um povo acolhedor, um clima agradável e um lugar de muitas oportunidades.

Na semana anterior, eu tinha voltado do Estados Unidos  e vi em Cascavel, alguns traços do modelo de lojas daqueles centros comerciais que a gente encontra por lá, como estas lojas paralelas e jardins e cuidado com o derredor.

É evidente que estando no Brasil, os problemas da cidade são inerentes à cultura e dos problemas nacionais que temos por aqui. Não os ignorei, nem desconsiderei os bairros menos favorecidos, mas vi algumas coisas que temos em poucas cidades brasileiras: há uma apresentável preocupação com o coletivo e a busca para melhorar, a despeito de ser possível ou não.

As ruas são limpas e bonitas. Uma cidade planejada, sinalizada e com vias largas na região central.

Hotel

O hotel Copas Verdes (Copas Executive Hotel), que fica bem no centro e de fácil deslocamento. Você indo lá, comente para gente o que achou deste hotel. Tem café da manhã, serviço padrão e preço proporcional, também.

A rede hoteleira é boa, com no mínimo as seguintes opções:




Booking.com

Comer em Cascavel

Já era 23 horas, quando resolvi com os amigos comer uma pizza. E tive a felicidade de ir na Ronda Pizzaria. Um atendimento VIP, uma pizza muito gostosa, com sorrisos e um cardápio variado, com preço que também, acreditei ser proporcional ao serviço.

Almocei na Casa da Laura, um restaurante self-service, que fica no centro.

Bom tempero, bom atendimento, bem localizado, espaçoso, proporcionalmente harmônico e com preço bom. Nem mais nem menos: o suficiente.

 

Para você ir lá

Cascavel é uma cidade jovem, planejada com uma população de mais de 300 mil habitantes. Tem uma economia pujante e muito fomentada pela agricultura, com foco na soja. Não é atoa que dizemos que o Paraná, é o seleiro do Brasil.

Muito próxima do Paraguay,  140 km, separe um dia para dar um ‘pulinho’ lá, ver os  ‘hermanos’ e fazer umas comprinhas. O limite também lá, é de US$ 500 doláres para cada pessoa.

De fato um bom programa, conhecer Foz do Iguaçu, a Ponte da Amizade e por o ‘pezinho’ para fora do Brasil.

Lembrando que para entrar no Paraguai, basta a carteira de Identidade, não é necessário o passaporte ou visto. Veja nosso posto sobre os países que você brasileiro, pode viajar sem passaporte e visto.

Eu estive na divisa a trabalho,  na aduaneira da balsa de travessia de caminhões. E mesmo lá a bacia do Rio Paraná, Itaipu já é muito bonita e expressa sua imensidão de águas:


CASCAVEL HOJE

HISTÓRIA

Os índios caingangues habitavam esta região, que teve a ocupação iniciada pelos espanhóis em 1557, quando fundaram a Ciudad del Guairá, atual Guaíra.

Uma nova ocupação teve início a partir de 1730, com o tropeirismo, mas o povoamento da área do atual município começou efetivamente no final da década de 1910, por colonos caboclos e descendentes de imigrantes eslavos, no auge do ciclo da erva-mate.

A vila começou a tomar formas em 28 de março de 1928, quando José Silvério de Oliveira, o Nhô Jeca, arrendou as terras do colono Antônio José Elias nas quais se encontrava a Encruzilhada dos Gomes, localizada no entroncamento de várias trilhas abertas por ervateiros, tropeiros e militares, onde montou seu armazém. Seu espírito empreendedor foi fundamental para a chegada de novas pessoas, que traziam idéias e investimentos.

Na década de 1930, com o ciclo da erva-mate já extinto, iniciou-se o ciclo da madeira, que atraiu grande número de famílias de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e, em especial, colonos poloneses, alemães e italianos, que juntos formaram a base populacional da cidade.

Em 1934, foi criado o distrito policial de Cascavel. Posteriormente, instalou-se o distrito judiciário e o distrito administrativo, todos integrantes do município de Foz do Iguaçu.

Na medida em que as áreas de mata nativa eram esgotadas, a extração madeireira cedia lugar ao setor agropecuário, base econômica do município até os dias atuais.

A vila foi oficializada pela prefeitura de Foz do Iguaçu em 1936, já com a denominação de Cascavel. Entretanto, o prelado daquela cidade, monsenhor Guilherme Maria Thiletzek, rebatizou-a como Aparecida dos Portos, nome que não vingou entre a população.

Em 20 de outubro de 1938, já com a denominação definitiva de Cascavel, a localidade foi alçada à condição de sede de distrito administrativo, nos termos da Lei n.° 7.573.

A emancipação finalmente ocorreu em 14 de dezembro de 1952, juntamente com a cidade vizinha Toledo, mas por muito tempo a comemoração se deu no dia 14 de novembro de cada ano, devido a uma confusão entre a proposta do governador do estado da época, e a efetiva assinatura da lei.

Em 20 de dezembro de 2010 foi sancionada a Lei nº 5689/2010 que define a data de 14 de novembro de cada ano, como data oficial do aniversário da Cidade de Cascavel, comemorando a data de sua criação e não de sua emancipação. 

Encerrado o ciclo da madeira, no final da década de 1970, Cascavel iniciou a fase de industrialização da cidade, concomitantemente com o aumento da atividade agropecuária, notadamente soja e milho.

Cascavel possui uma topografia privilegiada, fato que facilitou seu desenvolvimento e permitiu a construção de ruas e avenidas largas e bairros bem distribuídos.

Hoje, Cascavel é conhecida como a Capital do Oeste Paranaense, por ser o pólo econômico da região e um dos maiores municípios do Paraná.

Fonte: Portal do Município de Cascavel

 

 


Booking.com

Quanto custa ir para Disney Orlando?

Eu sei que sua primeira pergunta é “Quanto irei gastar?“.

Vamos relacionar cada item de nossa experiência real, de um casal com dois filhos: uma menina de 12 anos e um menino de 6 anos. 

É importante que você  considere a idades de cada um dos viajantes, nas  datas da viagem, ou seja, qual a idade no dia da chegada ao Brasil, do retorno de suas férias maravilhosas na Disney. Isto irá influenciar significativamente, seguro, passagem, etc.

Nosso planejamento foi feito um ano antes da data do embarque. Esperamos que lhe ajude a ter uma noção do valor que você irá investir numa viagem maravilhosa como esta. Com certeza e sem sombra de dúvidas, vale a pena!
QUANTO IREI GASTAR?

http://radarmundial.com


Booking.com

Quanto custa viajar para Disney?

Quero ir para Disney, Orlando!

Magic Kingdom, Animal Kingdom, EPCOT, Hollywood Studios, Universal e muitos mais

Todo brasileiro quer ir à Disney, nem que seja para conhecer e ver o que muita gente viu lá.

radarmundial.com

Entrada do Hollywood Studios na Disney Orlando

Mas, ao conversar com quem foi, ouve dizer que é muito alto o investimento desta viagem. E mais um monte de outras informações que desanimam ou nos faz pensar que agora, ainda não vai dar!

“Então porque e como milhões de pessoas vão para lá todos os anos?”

Foi pensando assim, que fomos atrás das informações e no final estamos indo conhecer a Disney. Nem tudo é como dizem, tanto para mais quanto para menos.

Castelo da Cinderela no Magic Kinddom, Disney, Orlando

É fato e até natural, que para uma pessoa ou até mesmo um casal sem filhos, é bem mais fácil. Mas quando se tem filhos pequenos e quer levá-los, é necessário mais planejamento. Mas, não é impossível! E você vai ver que até o planejamento, os preparativos e tudo mais da viagem, é um pacotão de alegria que vale sim, o investimento que se faz!

Disney, Orlando, Estados Unidos

Orçamento

Eu sei que sua primeira pergunta é “Quanto irei gastar?“.

Mas antes de tudo isto, você precisa saber que vai depender de quanto exigente você e sua família são. E o quanto vocês estão dispostos a abrir ou não, mão, de coisas não tão importantes para ir e ter outras ainda mais importantes.

Mesmo se você tiver com os recursos, digamos “sobrando”, sem planejamento, este “sobrando” pode chegar a faltar ou não deixar você aproveitar bem toda esta maravilhosa viagem.

Vamos relacionar cada item de nossa experiência real, de um casal com dois filhos: uma menina de 12 anos e um menino de 6 anos. É importante que você considere a idades de cada um dos viajantes, nas datas da viagem, ou seja, qual a idade no dia da chegada ao Brasil, do retorno de suas férias maravilhosas na Disney. Isto irá influenciar significativamente, seguro, passagem, etc.

Você pode levar dinheiro em moeda, comprando oficialmente nas casas de câmbio, dólares americanos ou cartão Travel Money para as despesas de alimentação e tudo mais que você irá gastar em Orlando. Veja nosso post sobre Travel Money, Cartão Pré-Pago: Viajando com dinheiro e segurança, para saber como funciona.

Nosso planejamento foi feito um ano antes da data do embarque. Espero que lhe ajude a ter uma noção do valor que você irá investir numa viagem maravilhosa como esta. Com certeza e sem sombra de dúvidas, vale a pena!

QUANTO IREI GASTAR?

Booking.com

1 – PASSAPORTE:

Passaporte Brasileiro

A primeira coisa que você precisa providenciar são os passaportes. Mesmo que você ainda nem tenha certeza que irá viajar para Disney, ou qualquer outro país, você precisa obter os passaportes para todos de sua família. É sempre muito importante tê-los, até mesmo por uma urgência de saúde ou alguma viagem de emergência, que um membro de sua família possa precisar fazer a qualquer momento.

Se estiver tudo em ordem com os documentos da família, é muito simples. Dependerá da cidade que você mora e da cidade mais próximas que emite Passaportes. Você pode consultar qual a cidade mais perto e de sua preferência no link da Polícia Federal.
Leia com atenção nosso passo-a-passo no Post sobre Como emitir o Passaporte.

Visto americano B1/B2

Com os passaportes de todos em mãos, você precisa agora, solicitar os Vistos para os Estados Unidos

Veja o passo-a-passo em nosso Post sobre Como tirar o Visto para os Estados Unidos, sem complicações e sem o terror que todos falam.

Você Não precisa contratar um agente, com um pouco de tempo você mesmo providencia seu visto. Mas se tiver inseguro, procure um agente de sua confiança ou indicação de quem você confia.

Resumo do investimento necessário para a viagem

Preste atenção nas datas que foram comprados cada item,a variação do US$ irá influenciar muito. A variação do US$ entre o início de nosso planejamento e compras de itens até a viagem, a cotação variou de R$ 3,21 a 3,47.

01Emissão dos Passaportes: Valor unitário R$ 257,25 x 4 = R$ 1.029,00

  • Verifique as outras despesas, se você precisar deslocar até outra cidade para este item. Incluindo a nova ida para buscar o passaporte, que só é entregue em mãos ao portador.
    novembro/16: R$ 1.029,00

02Emissão dos Vistos: Valor unitário (US$ 160.00) ou R$ 576,00 x 4 = R$ 2.304,00

  • Você precisa acrescentar as despesas de viagens para ir até São Paulo, Brasília, Recife ou Rio de Janeiro, onde há Consulado Americano. As crianças precisaram ir fazer a identificação: digitais e fotos, mas não precisam ir ao Consulado Americano, fazer a entrevista, basta levar os documentos delas.
    dezembro/16: R$ 2.304,00

03Passagens aéreas:

Considere que foram para 3 adultos e uma criança de 6 anos na data do retorno. Uma criança de 12 anos, não é considerada mais criança para as Cias Aéreas e a passagem é preço normal de adulto.

radarmundial.com

  • Optamos pela Azul Linhas Aéreas pela comodidade de embarcar em Belo Horizonte-MG, fazer escala em Campinas e ir direto para Orlando. Há boas opções e necessita de pesquisar na data da viagem.
  • O Voo de ida e volta para 4 pessoas, pode variar de 8 a 21 mil reais. Dependendo de escalas, Cia Aérea e se for em temporada ou não. Então o melhor é pesquisar e ficar de olho nas promoções.
  • Cuidado com o tempo de voo. Se tiver com crianças, há voos baratos com escala no Panamá ou outro, que tem duração de até 34 horas. Isto para criança é uma eternidade (e para adultos também).

  • Um valor justo e na média para 4 pessoas, está entre 11 e 12 mil reais
    Março/17: R$ 11.692,13

04Reserve o Hotel:

    • Para as 4 pessoas da família para 12 dias: Maio 2016: R$ 4.821,81
    • Vai depender onde você quer ficar, o padrão de luxo seu ou da sua família.
    • Há hotéis baratos que você gasta para 12 dias para toda família, menos de 3 mil reais. Mas cuidado, veja se há segurança, se não está em rodovias, se não é longe dos parques, se não é só motel, etc.

  • Se quiser ficar nos hotéis da Disney, vai ficar acima de 5 mil reais. E não é porque é hotel da Disney que é de luxo. Talvez por este valor que pagaria no hotel da Disney, você paga um hotel fora (mas perto) melhor e mais confortável.
  • Um hotel de luxo vai girar em torno de 12 a 15 mil reais por 12 dias, também dependendo da época que você for.
  • Este item varia tanto que deixa a gente muito confuso. Uma excelente dica é ler avaliações de milhões de viajantes no TripAdivsor antes de reservar seu hotel.
  • Fizemos a reserva no Homewood Suites by Hilton Lake Buena Vista Orlando, em 10x com um bom preço, sugerimos que consulte também o Booking

Vista do 5o Andar do Hotel Homewood Suites by Hilton Lake Buena Vista Orlando

  • Dê preferência para hoteis que servem café continental. Lá não tem o serviço e o café como temos aqui no Brasil. Para os que não tem, o preço gira em torno de US$ 15 dólares por pessoa, por dia.
  • Outra dica importante, é você adicionar uma diária a mais no hotel, não fica tão caro. E pode ser mais barato para você sair de lá um pouco antes do voo e não ficar “mofando” no aeroporto na volta. Pagar extra pode ser bem mais caro e pode ser que o hotel não tenha disponibilidade.

  • Lembre-se que na volta tem malas e malas das compras dos outlets e os presentes para os parentes.

Veja nosso post sobre 10 dias para fazer compras em Orlando

Outlet Orlando Premium

5Aluguel do carro

  • Mesmo que você vá para ficar nos parques da Disney todos os dias, você precisará ir às compras, isto é básico em Orlando. E vai precisar de um carro. (Muita mala das compras)
  • Alugamos uma Toyota RAV4 ou similar, categoria SUV para 11 dias por US$ 464.91 (Dólares), incluso seguro e demais itens.
  • Quando fomos pegar, nos entregaram um Jeep muito bonito, pena que estava puxando muito para o lado direito. No segundo dia, trocaram para nós, por um Rogue da Nissan, espetacular, veja:
radarmundial.com

Rogue da Nissan: Espetacular

Veja os itens que estavam inclusos na locação do veículo por 12 dias

alugue um carro

  • Depois de pesquisar, pesquisar e pesquisar sugerimos que vá direto no site da RentCars, a maioria das locadoras de carros estão lá. E você paga em reais, sem IOF e em até 12x. Optamos por pagar em 3x para não ficar muita conta para a volta da viagem.
  • Lembre-se também que seu voo pode atrasar e há o procedimento de imigração. Agende a retirada de seu carro uma hora após a chegada do seu voo. Março/17: R$ 1.480.56

06Faça o seguro de viagem: Para as 4 pessoas da família, pagamos R$ 721,76

  • Não deixe de fazer, ninguém quer usar, mas se precisar e não ter, não vamos nem cogitar isto. Então faça, não esqueça! O valor no toda da viagem, não irá inviabilizar nada! A sua viagem precisa ser uma diversão e se houver alguma emergência, pode ser resolvida rapidamente com a cobertura do seguro de viagem. E você no mínimo, terá segurança de retorno, atendimento médico e odontológico.
  • Você precisa de uma boa Cia de Seguros. Optamos pela ALLIANZ, Mondial Assistance, uma das maiores e mais confiáveis do mundo. Pagamos em seis parcelas e um preço muito em conta. Pela cobertura seguinte que te mostramos, tivemos orçamentos de acima de 2 mil reais, então escolha uma Cia Boa e com preço justo, por isto nossa sugestão é da Mondial da Allianz.


    Abril/17: R$ 721,76

07Ingressos para os parques: para 4 pessoas = R$ 6.147,00

    • Antes de comprar seus ingressos, leia nosso post sobre os principais parques em Orlando, para escolher quais parques você irá visitar e planejar as datas em cada um deles.
    • Os ingressos para os parques da Disney, custam em torno de US$ 100 (Dólares) por dia e por pessoa; nos primeiros quatro dias.
    • Comprando 10 dias por exemplo, o valor é bem menor que US$ 100.00 por dia/pessoa. Então, geralmente há promoção, comprando 4 ganha um. Sendo que, quanto mais dias acrescentados ao ingresso, menos você paga.
    • Os preços são diferentes para outros parques que não são da Disney. Você terá que escolher quais deseja ir, quantos dias em cada um e isto, vai depender de quantos dias você ficará em Orlando.

    • Os ingressos são enviados para você, por e-mail como e-ticket ou você compra em alguma operadora autorizada pela Disney em sua cidade (tenha certeza que é de fato autorizada pela Disney).

  • Numa viagem de 11 dias como a nossa, acreditamos que 6 dias em parques e os demais dias, para ir em outras lugares ao redor de Orlando, como na praia de Tampa e também ir ás compras, é claro; já está em boa conta. Então para estes 6 dias para 4 pessoas = ~R$ 7.000,00
    Maio/17 R$ 6.147,00

08Alimentação: Nós reservamos aproximadamente US$ 200 (dólares) por dia para a família toda. Totalizando aproximadamente R$ 7.000,00

radarmundial.com

Sauíche delicioso na Philly Steaks

  • Se você for comer e lanchar nos parques, se prepare; a conta será bem alta. Em torno também de US$ 100 (dólares) por pessoa por dia. Se tiver jantares especiais com personagens e etc, pode chegar a US$ 1.500,00 um jantar. Na minha família, achamos isto supérfluo e cortamos. Preferimos gastar melhor este dinheiro. Tivemos apenas um café com personagens na Hollywood Studios que custou US$ 125 (tem que agendar antes)
radarmundial.com

Café da manhã com personagens, no Hollywood Studios

  • Almoço nos parques da Disney gira em torno de US$ 60 (dólares) por pessoa/dia + taxas (6%) adicionais. Fora dos parques e em restaurantes na cidade gira em torno de US$ 30 (dólares) por pessoa/dia. Onde tiver serviço de mesa (a la carte) acrescente de 18 a 20% de gorjeta (tip).
    Maio/17 R$ R$ 7.000,00

09Gorjetas (Tip): US$ 35 (dólares) por dia no mínimo, então, considere aproximadamente US$ 400 (dólares) para as gorjetas.

  • Nos Estados Unidos é “obrigatório”, não é como aqui que é opcional. Os profissionais de lá, vivem desta renda.
  • Agora você entende, porque nos Estados Unidos, os serviços e produtos têm qualidade excepcionais: As pessoas são remuneradas pelo serviço que entrega. Quanto melhor o serviço, mais tip ganham. Então você vai gastar em média:
  • US$ 3 (dólares) por dia para a housekeeper (arrumadeira do hotel) e US$ 5 (dólares) no último dia, para você ser gentil
  • US$ 7 (dólares) por dia em restaurante (Jantar) – Havíamos previsto isto, mas não jantamos em restaurantes, não deu tempo: 12 dias é muito pouco em Orlando)
    Maio/17 R$ 1.284,00

10Gasolina (Combustível para o carro alugado)

Irá variar conforme os lugares que você irá visitar, ir as compras e até onde ficará seu hotel. Nós reservamos US$ 200 (dólares) para isto e gastamos somente US$ 35 (trina e cinco dólares, é muito barato. E andamos uns 700 km.

Alugue com tanque Cheio: Opte sempre por pegar e entregar o tanque cheio. E na volta para o aeroporto, quando estiver voltando para o Brasil, coloque no seu Waze um posto de gasolina no caminho. Vai demorar a chegar, ele irá indicar um, quase chegando no aeroporto. Você terá que sair da via principal e entrar num lugar pequeno e andar um pouco, mas ele te levará lá. Assim você já chega com tanque cheio no aeroporto para a entrega do carro.

Maio/17: previsto: R$ 670,00, gasto só US$ 35 (trinta e cinco dólares)


Valor total aproximado ~R$ 38.000,00 ou ~US$ 12,000.00

mais as suas compras, que vai depender de sua fome neste item e o limite da cota no aeroporto, para cada uma das pessoas: ~R$ 7.000,00

Orçamento médio geral em torno de

~R$ 45.000,00 ou US$ 13,500.00

  1. Isto para uma família de 4 pessoas, sendo 2 adultos, uma criança de 12 anos e outra de 6 anos.
  2. Pode ser alto, mas é o melhor investimento que você faz na sua vida e de sua família!
  3. Veja este vídeo que fizemos com as crianças na Disney e os outros do nosso canal também, para você ter vontade ir também:


Os valores e sugestões aqui expostos, tem o objetivo de apenas ajudar a você a se planejar e saber quais os custos básicos; para você ter uma ideia geral de quanto custa ir à Disney.

Não há qualquer endosso quanto aos serviços de fornecedores aqui indicados, nem garantia que estes preços são exatamente estes. E observe as datas que foram orçados e para que datas estão previstos. As modalidades e opções que você tem para mais e para menos, pode reduzir a metade deste valor ou até triplicar, conforme suas necessidades e disponibilidade para esta viagem.

Esperamos ter contribuído para que sua família também realize o sonho de ir à Disney. Vale a pena!

Esperamos ter contribuído para que sua família também realize o sonho de ir à Disney. Vale a pena! Esperamos ter contribuído para que sua família também realize o sonho de ir à Disney. Vale a pena! Esperamos ter contribuído para que sua família também realize o sonho de ir à Disney. Vale a pena! Esperamos ter contribuído para que sua família também realize o sonho de ir à Disney. Vale a pena! Esperamos ter contribuído para que sua família também realize o sonho de ir à Disney. Vale a pena!

Vá e quando você voltar, conte para nós, o que de fato você gastou e como podemos dar mais informações corretas, para que outras pessoas também se divirtam na Disney e em Orlando.

E se você puder, curta este post e compartilhe com seus amigos!

Booking.com

Como tirar o Visto para os Estados Unidos?

Saiba como tirar o visto para os Estados Unidos

Visto Estados UnidosO que é o Visto?

O visto é um documento emitido pelo consulado de um país, dando autorização para uma pessoa, entrar e permanecer em seu país por um certo tempo.

Em muitos países, sem um visto válido, não é possível entrar no país.

O tempo de permanência autorizado para uma pessoa ficar no país visitado, varia conforme a finalidade da estadia naquele país.

Veja também:

Todo país exige o Visto?

Não, há pelo menos nove países, que não exigem nem mesmo o passaporte para brasileiros entrar. Saiba mais detalhes e quais são eles, no nosso Post sobre os países que não exigem nem mesmo o Passaporte.

E existem mais de 150 países que exigem somente o passaporte para a entrada do brasileiro.

Se tenho um visto válido, tenho garantia que entrarei no país destino?

Não! Mesmo tendo um visto válido, não indica 100% de aprovação de entrada no país estrangeiro. Pois, ao desembarcar naquele pais, é obrigatório a passagem pelo setor de imigração, que poderá aprovar ou não a entrada da pessoa.

Isto pode ocorrer em função de uma série de exigências. Incluindo, pontos de segurança, suspeita de porte de produtos ilegais, registros anormais de conduta e outras suspeitas de qualquer risco aos cidadãos e normas daquele país.

Mas em países como os Estados Unidos, é mais comum quando a pessoa ou seu histórico de informações, posses e declarações, gera indícios que o visitante está indo para fixar residência e não somente visitar.

Meu voo tem conexão, onde será feito o processo de imigração?

Você passará pela imigração na primeira cidade do país estrangeiro que seu voo fizer conexão. Mas é lá mesmo, que resolve se você entra ou não no país e pronto!

E mesmo que você já esteve naquele país, “1000 vezes”, você terá que passar pela imigração novamente.

Preciso contratar um agente para auxiliar a conseguir o Visto?

O O formulário DS-160: Este é o formulário do US Departament Of State, que você precisa preencher para iniciar a solicitação de seu Visto.

Se você não conhece nada de inglês, pode ser uma boa opção. E há algumas informações no formulário DS-160 que expressa atenção no preenchimento. E quem já tem experiência pode fazer isto rapidamente. Mas não é obrigatório que você contrate um agente.

 

No caso da minha família, eu e minha esposa mesmo, que fizemos tudo e deu tudo certo com tranquilidade. Não foi difícil, exige apenas atenção e dedicação de um tempo com tranquilidade para preencher e juntar a papelada. E não precisa fazer tudo de uma vez, você pode iniciar o preenchimento, separar os documentos e voltar para fazer a outra parte. É claro, tem um limite de dias para isto, não é para “vida toda”.
E se você lê bem em inglês, há uma “FAQ” (Perguntas e Respostas mais Frequentes) da própria embaixada do Estados Unidos que ajuda muito. Clique aqui para acessá-la.

Quando NÃO contratar um agente para auxiliar?

Se passar pela sua cabeça de mentir ou não expressar a verdade, repense se realmente você quer ir para os Estados Unidos. Lá, lei é lei e é cumprida na íntegra. Mentiu lá, vai ser deportado. E se houver mentira ou informação “camuflada” ou inflada no DS 160, esquece! Seu visto não vai ser aprovado! Então, não gaste seu dinheiro ou caia em conversa de quem já foi e diz que deu certo e blá, blá, blá. Não acredite.

Entre pela porta da frente, faça direito. Todo país recebe e precisa de turistas e profissionais, só não correm riscos de deixar entrar pessoas com intenções não declaradas e fora de conformidades com as regras daquela nação.

Se não der para você cumprir as condições agora, é porque é mais provável, que não é a hora certa para você ir ainda. Se prepare melhor e vá quando estiver tudo certo e seus recursos realmente forem o suficiente. Com certeza você agradecerá, por ter esperado este momento certo e poder aproveitar bem sua viagem, sem medos e sem ansiedades desnecessárias.

Embaixada do Estados Unidos em Brasília - BrasilFoto: Wikipédia

Consulados dos Estados Unidos no Brasil:

  1. Brasília
  2. Recife
  3. Rio de Janeiro
  4. São Paulo

Em qualquer um deles você será atendido no


Booking.com

 

Passo-à-passo de como tirar o visto de estudante, turismo e negócios

1) A primeira coisa que você precisa ter é o passaporte válido com pelo menos 6 meses contados na data de sua viagem. Veja nosso post sobre Como Emitir o passaporte, para detalhes práticos de como obter este documento essencial para viagens.

2) Obtendo mais informações oficiais:

Navegue na “FAQ” (Perguntas e Respostas mais Frequentes) da própria embaixada do Estados Unidos, e também na “FAQ” Brasil – Official U.S. Department of State Visa Appointment Service, tire o máximo de suas dúvidas antes de iniciar a próxima fase.

3) Acesse o site do US Departament Of State e preencha o formulário DS-160

Os campos do formulário estão em inglês, mas ao entrar na digitação do campo, aparece um “hint” (dica) com a tradução.

E se tiver dúvida na tradução, apele para o Google Tradutor.

Em cada tela que você terminar de preencher, salve-a.

Será gerado um “Application ID”, ou seja, um número de identificação de sua solicitação. Anote-o, você precisará dele para retornar depois e terminar o preenchimento; que como já citamos, pode ser feito em partes e em dias diferentes.

Quando você terminar todo o preenchimento, imprima a página com o protocolo/código de barras de confirmação que será gerado.


Booking.com


4) Pague as taxa do Visto

Acesse o site Taxas de Vistos. Você precisará pagar a taxa do visto no valor de US$ 160 (dólares) para cada pessoa.

5) Agende sua entrevista no Consulado Americano

Você irá precisar nesta fase do seu passaporte e do código de barras do protocolo de preenchimento do DS-160 da fase anterior.

Com o formulário DS-160 pronto, agende a sua entrevista no site do Consulado Americano no Brasil. Preencha os campos e formalize sua entrevista.

Preste atenção, porque antes da entrevista, você precisa colher as impressões digitais e fazer a foto oficial para seu visto. Então, agende ir ao CASV primeiro. E observe onde é um e o outro, para ver se dá para fazer tudo num mesmo dia, geralmente isto não é possível. Talvez precisa que você vá no CASV um dia e faça a entrevista no outro dia.

Para nossa família, viajamos e fizemos as digitais no CASV em Brasília num dia, onde as crianças têm que ir para fazer as digitais e foto. E no outro dia, fizemos as entrevistas, somente eu e minha esposa, as crianças não precisam ir. Acredito que é uma boa opção. E mesmo que você tenha feito mais de um formulário DS-160 para cada membro da família, a família toda fará junto a identificação e a entrevista, não se preocupe com isto.

6) Vá ao CASV na data agendada
Compareça sem atraso no dia agendado ao CASV que você escolheu, e leve com você seus documentos, protocolo do formulário DS-160, o passaporte e o comprovante da taxa do visto, paga. Você fará no CASV, as impressões digitais e será feito sua foto oficial para o visto.

Leve o mínimo de coisas necessárias. Evite levar chaves, celulares bolsas. Leve somente o necessário. Lá não tem onde guardar estas coisas, deixar nos carros pode ser perigoso e deixar em guarda-volumes é impraticável pelo preço que cobram pelo serviço.

7) Entrevista no Consulado

Você precisará levar ao Consulado, seu passaporte, a página do protocolo do formulário DS-160. A regra para levar as coisas mínimas também é mesma. Não tem onde deixar. Mas leve todos os documentos, comprovantes de rendas, imóveis, provas que tem condições de fazer a viagem e documentos que comprovem o que você afirmou no DS-160. E fique tranquilo. Pode ser que o Oficial, não te peça exatamente nada, mas pode lhe pedir, esteja preparado.

O oficial poderá lhe fazer 1, 2, 3 ou mais perguntas e o resultado sairá na hora. Para minha família, ele fez três perguntas e nosso visto foi aprovado. Mas, cuidamos para que tudo fosse verdade, sem invenções ou intenções que não tivessem declaradas. Foi muito rápido e estranhamos o terror que tanto ouvimos para conseguir o visto. Foram tantas recomendações que fomos com muito medo. E não precisa disto, basta falar a verdade e ter os documentos certos.

Não se alarme ou acredite no “terror” que fazem para conseguir o visto. Isto só existe para quem faz as coisas erradas, tentam mentir no DS-160 e nas respostas dadas ao oficial no momento da entrevista. Ou então, realmente não têm condições de arcar com os custos da viagem, podendo caracterizar que estão indo para morar lá.

Quando você ou sua família for chamada, responda calmamente (em português) as perguntas, falando sempre a verdade e agindo naturalmente que dá tudo certo.

Com seu visto na mão, ele valerá por 10 anos, aí é só planejar a viagem. E se você vai para os Estados Unidos, confira nossos posts abaixo, podem facilitar e tornar sua viagem melhor ainda:

Booking.com


Booking.com

Imigrando para os Estados Unidos: